Stranger Thigs: Plágio ou Homenagem?

Stranger Thigs, uma das séries mais queridas da atualidade surgiu da cabeça dos irmãos Duffer (Matt e Ross) por sua paixão em comum pelos clássicos filmes dá década de 80, a série que tem uma nostalgia explicita homenageia grandes filmes de Steven Spielberg e as histórias do mestre Stephen King, mas afinal, a que ponto podemos considerar algo como homenagem e algo como plágio?

A trama conta a história de 4 nerds dos anos 80 que sofrem bullyng na escola (já não vimos isso no livro IT de Stephen King?) após um dos amigos sumir misteriosamente, os garotos se deparam com um um mundo sobrenatural, e criam laços com a garota chamada “Eleven” que possui poderes telecinéticos (Carrie a Estranha, sério galera para de copiar só o Stephen King). Juntos o grupo de amigos começam a se descobrirem como pessoas e fortalecem suas amizades até achar Will  (Conta comigo, não preciso dizer que também é uma obra do Stephen King né?).

No cinema, temos casos raros de diretores que chegam e deixam sua marca na história da cultura pop, e Steven Spielberg talvez seja a pessoa que mais fez isso nos anos 80, o diretor que na maioria das vezes colaborou em projetos marcantes, e na maioria criou seus próprios projetos e conceitos, é uma inspiração para a nova leva de diretores que o referenciam em seus trabalhos. Inspirados pelo diretor, os irmãos Duffer apresentaram seu projeto para a Netlfix, com um trailer, recheado de cenas dos filmes de Steven Spielberg para mostrar o tom que a série teria, com isso a produtora liberou um orçamento de 48 milhões de dólares (6 milhões por episódio). Com o sucesso da série, o segundo ano de Stranger Things retorna com um orçamento de 80 Milhões (10 Milhões por episódio).

Mas afinal, queremos originalidade ou comodidade?

Para o público casual, uma série que supra a necessidade de preencher o tempo vago do tédio basta, mas para os amantes de cinema, que adoram debater o assunto e exigem uma qualidade na média para que o filme ou série seja no minimo assistivél é o minimo que se pode pedir, vejam bem, o problema não é fazer uma ou outra referência, e sim tornar seu produto um recorte de cenas que já vimos em outros lugares com uma qualidade superior, quem não se lembra da cena de E.T (1982) na qual Eliot e o próprio E.T voam, com a bicicleta em frente a lua? quando vemos o carinho e cuidado do diretor com a obra, nossos corações se preenchem de emoção e a própria cena em si se torna uma das imagens mais famosas da história do cinema devido a sua originalidade de algo nunca visto antes, porém, quando a série decide refazer a cena, não sentimos a mesma emoção, não temos o mesmo envolvimento, e sim uma sensação de Deja Vu.

A falta de criatividade é o que vem matando a industria de Holywood, desde O Senhor Dos Anéis (2001) o cinema só foi impactado novamente com a originalidade de George Miller, em Mad Max: Estrada Da Fúria (2015), e atualmente, o magnifico Baby Driver, foram necessários 16 anos para que diretores usassem sua criatividade para chocar os espectadores novamente, e esse é o grande problema da industria atualmente, lógico que somos fãs de sequências e adaptações, porém elas só funcionam por que em muitos anos, a industria se manteve viva devido a originalidade que levou milhões de espectadores ao cinema e o transformou em uma rede de produtos.

É extremamente fácil se apoiar em marcas conhecidas e manter uma chama viva em nossos corações, porém o mundo é movido de grandes ideias, e é por isso que consideramos Stranger Things como plágio, afinal como já dizia o visionário Steve Jobs, Pense Diferente.

confira abaixo alguns dos pôsters da segunda temporada de Stranger Things que tem estréia prevista para 27 de Outubro (2017):

Este slideshow necessita de JavaScript.

E você? concorda com nossa opinião? não se esqueça de deixar a sua nos comentários!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s